GANHANDO CAMPO

A APDC agregou uma metodologia própria para atrair o produtor para o programa SFTF: o Fazenda em Números – benchmarking rural. Antes de apresentar o projeto, elaborávamos um relatório com dados consolidados das propriedades da região. Isso resultava em um rápido checkup das fazendas, facilitando o entendimento dos produtores para as áreas que eles precisavam melhorar. Dessa forma, o SFTF surge como uma solução para que os proprietários soubessem como adequar e melhorar as suas fazendas. Permitiu aos produtores uma pausa na rotina: somente assim eles analisaram suas atitudes, ações e procedimentos, e puderam agir de forma estratégica.” Jéssica Leite, agrônoma da APDC

A maior dificuldade dos produtores é, sem dúvida, com a interpretação e prática da legislação. Para implantar o projeto SFTF, tivemos que estabelecer uma relação de confiança e sigilo com eles. Atuamos de modo a apoiá-los, levando informações; ensinando como funciona a legislação e quais as adequações necessárias para atendê-las; explicando os benefícios do manejo sustentável de soja e da certificação. O projeto focou basicamente na melhor gestão das propriedades, tendo como foco a sustentabilidade e o mercado responsável.” 
Rafael Pereira, da Amaggi

© 2016 Solidaridad Network